PARACELSO AFIRMAVA, NENHUMA DOENÇA É INCURÁVEL

Postado por Norma Villares

 



Paracelso, pseudônimo de  Phillipus Aureolus Theophrastus Bombastus Von Hohenheim, (Einsiedeln, 17 de dezembro de 1493Salzburgo, 24 de setembro de 1541) foi um médico, alquimista, físico, astrólogo, e ocultista suiço-alemão.  A ele também é creditado a criação do nome do elemento zinco, chamando-o de zincum. 

Seu pseudônimo significa "superior a Celso, (médico romano)".  No estudo da sua biografia, facto tem sido gradualmente separado da crença, mas nenhum acordo foi alcançado no que respeita à natureza e sentido de seu ensino. Ele é considerado por muitos como um reformador do medicamento. Também é aclamado por suas realizações em Química e como fundador da Bioquímica e da Toxicologia.

Ele aparece entre cientistas e reformadores como Andreas Vesalius, Nicolau Copérnico, e Giorgius Agricolo,  e, portanto, é visto como um moderno. Por outro lado, sempre possuiu uma aura de místico e até mesmo obscura reputação de mago.

 Em seus escritos Paracelso dizia:

'' Nenhum médico pode afirmar que uma doença é incurável. Se isto afirmar, está renegando a Deus, renegando a natureza, desaprecia o grande Arcano da Criação. Não existe nenhuma doença, por mais terrível que seja, para qual Deus não tenha previsto a correspondente cura.'' PARACELSO (Médico e Alquimista século XI)

“Deus disse: ‘Eis que eu vos dou toda a erva que dá semente sobre a Terra e todas as árvores frutíferas, que contêm em si mesmas a sua semente, para que vos sirvam de alimento’.” Gênesis 1:29

Sempre fui grande admiradora de PARACELSO, e nunca havia escrito nada sobre ele, até hoje.   Um grande abraço.
Norma


 Fonte:

 http://pt.wikipedia.org/wiki/Paracelso

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Caminheiros Evolutivos

Muito obrigada pela sua presença iluminada

Muito obrigada pela sua presença iluminada