CAUSA KÁRMICA RELIGIOSA

Postado por Norma Villares




 Chagdud Tulku Rinpoche

"Uh oh! Não durmas agora, ser afortunado.
Desperta com diligência.
De tempos sem princípio até agora tens dormido em ignorância.
Agora é o momento de deixar o sono para trás e praticar virtude, com corpo, fala e mente.

Não te lembras de nascimento, doença, velhice e morte?

Todo sofrimento além da conta e além da medida?
Esqueceste?
Quem sabe se terás o dia inteiro?
Agora é o momento de praticar com diligência.
Ainda tens esta oportunidade de gerar benefício duradouro, então, por que desperdiçá-la por preguiça?

Se realmente contemplares a impermanência, consumarás a tua prática rapidamente.
Quando a hora da tua morte chegar, estarás confiante.
Com a tua prática consumada, não terás nenhum arrependimento.
Sem esta confiança, qual terá sido o propósito da tua vida?
A natureza de todos os fenômenos é vazia e sem identidade, como a lua refletida na água, uma bolha, uma alucinação, uma emanação, uma ilusão, uma miragem, um sonho, uma imagem no espelho, um eco.
Todo o samsara, todo o nirvana é assim.
Reconhece todas as coisas desta maneira.
Nada vem, nada fica, nada vai, além de qualquer descrição por palavras, além de qualquer concepção da mente.
Agora é o momento de alcançares a realização que é sem sinais."


— Sua Eminência Chagdud Tulku Rinpoche

* As exatas palavras de Chagdud Tulku Rinpoche ao alto-falante numa manhã no Khadro Ling em Três Coroas.

Esta transmissão foi  dada  por  ocasião  do  Parinirvana  de  um  grande lama.  O   Rinpoche  deu  seu  último suspiro durante a madrugada de domingo, dia 17 de novembro, no Khadro Ling, no Brasil. 


"Quando um grande mestre morre, segue-se um período em que bênçãos descem sobre quem quer que as peça com devoção. Este é o momento de rezar para que as suas aspirações mais elevadas se realizem."




— Sua Eminência Chagdud Tulku Rinpoche



A mística sobre a reencarnação tem sido, por séculos, objeto de fascinação para a mente curiosa. Desde o começo dos tempos o homem tem cogitado sobre a possibilidade da vida ser um tecido contínuo, no qual o processo de 'vida e morte' são somente fases que evoluem de um estágio da existência para outro. A astrologia em geral prevê que se os astros possuem influência sobre a nossa vida e se cada uma das vidas deixa marca para as próximas isso tem de forçosamente estar traçado um próximo projeto reencarnatório. 

Mas como?

O que se usa? 

 Bem, os projetistas reencarnatórios conjuntamente com o reencarnante (se for seu merecimento participar) fazem um novo projeto,  e assim traçam a melhor forma de ser realizado este projeto com êxito. 

E uma das metas num projeto reencarnatório é a simpatia, ou mesmo empatia por uma religião específica,  Cada ser humano vem com uma trajetória religiosa específica,  onde se encontra e se sente bem. E Chagdud Tulku Rimpoche  denominava de ' causa kármica religiosa'.   Informava que, cada ser humano tem um número específico de camisa,   uns usam manequim 40, alguns 54, outros 50  e assim por diante.  Desta forma, aquele que usa camisa de manequim 40 não vai se sentir bem, em um de número 54.  Assim é a religião,    adequação perfeita numa religião é exatamente sua  'causa kármica religiosa'. Por isso,  se compramos e usamos uma roupa que serve perfeitamente em nós.

Este seminário  eu assisti, quando fiz a Formação Holística de Base da UNIPAZ  e, quando senti um profundo respeito pelo Zen Budismo.

Fico por aqui, despedindo de vocês com um desejo que cada um encontre a sua religião da alma.
Paz Profunda!
Norma
 


0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Caminheiros Evolutivos

Muito obrigada pela sua presença iluminada

Muito obrigada pela sua presença iluminada