TEU SAARA

Postado por Norma Villares




"Se você ama alguma coisa, deixe-a livre. Se voltar, é sua. Se não voltar, nunca foi."

Se, no caminho do teu saara, encontrares uma alma que te queira bem, aceita em silêncio o suave ardor da sua benquerença - mas não lhe peças coisa alguma, não exijas, não reclames nada do ente querido.

Recebe com amor o que com amor te é dado - e continua a servir com perfeita humildade e despretensão.

Quanto mais querida te for uma alma, tanto menos a explores, tanto mais lhe serve, sem nada esperar em retribuição.

No dia e na hora em que uma alma impuser a outra alma um dever, uma obrigação, começa a agonia do amor, da amizade.

Só num clima de absoluta espontaneidade pode viver esta plantinha delicada. E quando então essa alma que te foi querida se afastar de ti - não a retenhas.

Deixa que se vá em plena liberdade. Faze acompanhá-la dos anjos tutelares das tuas preces e saudades, para que em níveas asas a envolvam e de todo mal a defendam - mas não lhe peças que fique contigo.

Mais amiga te será ela, em espontânea liberdade, longe de ti - do que em forçada escravidão, perto de ti.

Deixa que ela siga os seus caminhos - ainda que esses caminhos a conduzam aos confins do Universo, à mais extrema distância do teu habitáculo corpóreo.

Se entre essa alma e a tua existir afinidade espiritual, não há distância, não há em todo Universo espaço bastante grande que de ti possa alhear essa alma.

Ainda que ela erguesse vôo e fixasse o seu tabernáculo para além das últimas praias do Sírio, para além das derradeiras fosforescência da Via Láctea, para além das mais longínquas nebulosas de mundos em formação - contigo estaria essa alma querida...

Mas, se não vigorar afinidade espiritual entre ti e ela, poderá essa alma viver contigo sob o mesmo teto e contigo sentar-se à mesma mesa - não será tua, nem haverá entre vós verdadeira união e felicidade.

Para o espírito a proximidade espiritual é tudo - a distância material não é nada. Compreende, ó homem/mulher - e vai para onde quiseres!

Ama - e estarás sempre perto do ente amado...

Em todo o Universo...

Dentro de ti mesmo...

Adeus, alma querida



Esse texto é lindíssimo e define muito bem esse sentimento misterioso chamado AFINIDADE., espero que gostem.

Fonte: Huberto Rohden. De Alma para Alma. Editora Martin Clariet


15 comentários:

  1. nice disse...

    Hi,

    Very beautiful and delicate text, I like it. Thanks for your comment on my blog.

    Best wishes,
    Nice

  2. Norma Villares disse...

    obrigada Nice, pela visita e gentileza de comentar.
    Irei visitar você também.
    Um grande abraço

  3. angela disse...

    Lindo texto Norma e sabio.
    A distancia material de fato não importa.
    beijos

  4. Norma Villares disse...

    Angela muita grata pela sua presença e gentileza contínua.
    Realmente a distancia não importa, o mais importante é invisível as olhos.
    Abraços

  5. JPBARROS disse...

    norma amiga.

    A posse é o acumular de ilusões
    O acumular dessas ilusões conduz ao medo
    O medo é assassino do amor
    Só assassinando o medo podemos conhecer o amor

    muito bom, um abraço

  6. Gislene disse...

    QUERIDA NORMA,
    PASSEI RAPIDAMENTE PRA TE AVISAR, TEM UM SELINHO PRA VOCÊ NO MEU MUNDINHO...
    BEIJOS, VOLTO MAIS TARDE,
    GISLENE.

  7. Sassá Luz disse...

    Gostei muto dessa mensagem, de Huberto Rohden. Tem que deixar, soltar, assim é o verdadeiro amor.
    Beijinhos

  8. Maria Amélia disse...

    Norma amiga, voltei.
    Eu gosto muito Rohden, ele tem reflexões excelentes.
    Tentar agarrar o amor, é aprisioná-lo. A posse gera posse, caminho da ilusão.
    Beijinhos
    Maria Amélia

  9. Marcos Takata disse...

    HUberto Rohden é muito profundo em suas reflexões:
    "Se você ama alguma coisa, deixe-a livre. Se voltar, é sua. Se não voltar, nunca foi."
    O caminho do seu saara, entrada no deserto, como dia os terapeutas.
    Bijussssssss

  10. Jorge disse...

    Norma,

    O amor está intimamente vinculada à afinidade.
    Quem ama de verdade, tem em sí um oasis que deserto nenhum há de dominar.

    Um beijo,

    Jorge

  11. Norma Villares disse...

    Jota que lindo, você se inspirou. Um grande abraço

  12. Norma Villares disse...

    * Querida Gislene, muito obrigada pelo selinho.
    Um grande abraço

    * Sasá minha nena. Beijinhos

    * Angela agradeço sua atenção tão distinta.

    Abraços

  13. Norma Villares disse...

    * Querida Gislene, muito obrigada pelo selinho.
    Um grande abraço

    * Sasá minha nena. Beijinhos

    * Angela agradeço sua atenção tão distinta.

    Abraços

  14. Norma Villares disse...

    Jorge muito obrigada, tens razão o amor está ligado a afinidade. Tem outros detalhes importantes, como o CARÁTER.
    Um grande abraço

  15. Norma Villares disse...

    Marcos amigo, que bom ve você de volta. Um grande abraço

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Caminheiros Evolutivos

Muito obrigada pela sua presença iluminada

Muito obrigada pela sua presença iluminada