NIRVANA

Postado por Norma Villares


"Eu não sou a mente,
não sou a inteligência, não sou o ego, nem a atenção,

não sou as orelhas ou a língua,

não sou os sentidos do olfato ou da visão,
nem o éter, nem o ar, nem o fogo,
nem a água, nem a terra.
Eu sou Eterna Beatitude e Consciência Pura,
Eu sou, Eu Sou.

Eu não sou o prana,

nem os cinco elementos vitais,
nem os sete elementos do corpo,
nem os seus cinco invólucros,
nem as mãos, nem os pés, nem a boca,
nem os outros órgãos das ações.

Eu sou Eterna Beatitude e Consciência Pura
Eu Sou, Eu sou.

Não me pertencem a ganância nem as falsas ilusões,

nem o desgosto, nem o prazer,
nada do orgulho ou do ego,

do Dharma ou da Liberação,
nenhum desejo da mente,
nem o próprio objeto do desejo.
Eu sou Eterna Beatitude e Consciência Pura,
Eu Sou, Eu Sou.

Não sei nada do prazer e da dor,
da virtude e do vício,
dos mantras e dos lugares sacros,

dos Vedas e do sacrifício,
eu não sou aquele que come,

nem o alimento, nem o ato de comer,

Eu sou Eterna Beatitude e Consciência Pura,
Eu Sou, Eu Sou.

Para mim não existe morte ou temor,
nenhuma distinção de casta,
não tenho pai, nem mãe,
não tive nem mesmo um nascimento,

não existe amigo, nem companheiro,

nem discípulo, nem mestre,
Eu sou Eterna Beatitude e Consciência Pura,
Eu Sou, Eu Sou.

Eu não tenho forma, nem aparência

o Onipresente eu sou,
em todo lugar eu existo,
e ainda além dos sentidos,
não sou a salvação,
nem nada do que pode ser conhecido.
Eu sou Eterna Beatitude e Consciência Pura,
Eu Sou, Eu Sou." Shankaracharia


Para realizar do grande vôo da existência em direção à luz, é preciso realizá-lo através do desapego... Quando o SER se abre para as dimensões sublimes, do amor mais elevado, e da compaixão total, está liberto de todas as amarras que prende a este planeta.

Shankaracharia no seu poema NIRVANA ou a Realização do Ser, ensina com esta oração do desapego, do desprendimento, da desindentificação de tudo que não é essencial. Somente assim, um dia podermos voar em direções sutis e atemporais para conquistar as alegrias do espírito.

Nesta oração ele ensina o desapego ao sistema de castas, tão falada na última novela da Globo.

Votos de desapegos pra todos!

Paz Profunda!

18 comentários:

  1. Rosan disse...

    Norma.
    Obrigada, tentemos nos desapegar, sei não ser fácil, mas de pouco em pouco se chega lá.
    muito bonita essa oração e é sem dúvida um dos aprendizados mais importantes da nossa existencia.
    Beijo de luz.
    Rosan

  2. angela disse...

    Bonita oração Norma.
    Vamos tentando...
    beijos

  3. Julimar Murat disse...

    Oi Norma
    Estes seus textos sempre nos acrescenta e muito.
    Recebi um selo no meu blog e gostaria de repassa-lo a voce
    Um grande beijo em seu coração
    Julimar

  4. Norma Villares disse...

    Olá Rosan, obrigada pelo comentário. Na verdade o homem é pura essência, mas ele se apega muito a vida material, e desapegar não é fácil. Abraços

  5. Norma Villares disse...

    Angela, você sempre muito gentil no acompanhamento dos nossos blogs. Agradeço de coração sua atenção e zelo. Abraços

  6. Norma Villares disse...

    Agradeço Julimar, vou pegar o selinho. São textos antigos, que ajudam na estrada da vida. Principalmente na área do apego. Abraços

  7. Marcelo Novaes disse...

    Norma,




    Para chegar ao Eu Sou, Shankara passa [e desbasta] todos os "Não-Sou" ["neti, neti": nem isso, nem aquilo]. Um modo complementar de apresentar a mensagem Budista. Um complementa o outro.





    belo blog.









    beijos,








    marcelo.

  8. Norma Villares disse...

    Shankaracharia é Shankaracharia, e para a Realização do Ser, este total desapego e desindentificação de tudo que não é essencial, precisou de tempo... É claro, os contrários se complementam, compreender a ilusão da dualidade é um salto de qualidade.
    Agradeço sua visita e com alegrias no espírito retorno de seu blog, onde li textos excelentes. Muito bom!
    Sublime abraço

  9. Sassá Luz disse...

    Shankaracharia é Master no desapego. Beijinhos

  10. Norma Villares disse...

    É Sassá, um Mestre especial. Grata. Abraços

  11. tereza ferraz disse...

    Norma, linda oração.
    Sim, postando e postando dentro do teu amplo sentir, fazendo-nos re-lembrar: somos essências!
    Grata pela partilha.
    Bom final de semana.
    Bjs no coração

  12. Norma Villares disse...

    Tereza, lembrando e relembrando somos essências. Obrigada senciente. Abraços luminosos

  13. Malu disse...

    Olá, minha Linda!
    Você também é cheia de luz.
    Venho para cá e saio com a alma coberta de energias boas.
    Obrigada por partilhar bons pensamentos conosco.
    Estou engatinhando ainda nos conhecimentos do ESPIRITUAL e cada dia há uma nova descoberta.
    Você e o Antonio Caldas tem me ensinado muito.
    Abraços de PAZ

  14. Norma Villares disse...

    Oiê Malu, somos todos caminheiros evolutivos, na estrada da vida. Os conhecimentos são dos gragdes mestres que direcionam o nosso olhar para as coisas do Espírito. Só precisamos de acuidade visual, para enxergar. Abraços ricos em luzes

  15. Meu lar interior disse...

    Muito lindos os seus textos, seu blog é o conjunto da obra edificadora!
    Bjs

  16. ONG ALERTA disse...

    Realmente as pessoas estão precisando se desapegar pois vivemos em um mundo materialista, individualista e assim não se conquista nada pois tudo que se leva vai no coração, paz.

  17. Norma Villares disse...

    Obrigada Meu Lar pela visita e comentário. AS informações sempre ajudam a melhor o ambiente que vivemos. Vou visitar seu blog. Abraços sublimes

  18. Norma Villares disse...

    Olá ONG, obrigada pelo comentário. Este mundo materialista é muito pegajoso, rsrsrsrs. Fica difícil desapegar, tem que ter muito conhecimento para ir desintegrando paulatinamente da mente. Abraços

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Caminheiros Evolutivos

Muito obrigada pela sua presença iluminada

Muito obrigada pela sua presença iluminada