ONDE ESTÁ O TAO

Postado por Norma Villares


VOLTE AO PRINCÍPIO


Um mestre muito sábio, recebeu no mosteiro um novo discípulo, iniciando no Yoga Taoista. A partir do ensinamentos preliminares, o discípulo mostrou-se muito inteligente, e cada vez mais aprofundando em conhecimentos. Passado algum tempo, o discípulo era um exímio conhecedor dos livros sagrados, e muitas técnicas do caminho.
Certa vez este discípulo foi convidado para fazer uma palestra sobre o TAO e perguntou ao mestre se podia realizar esta tarefa, e o mestre permitiu, dizendo que assistiria tal preleção.
O discípulo realizou a dita palestra, com muitos conhecimentos e eloquência. Todos que assistiram ficaram encantados e embevecidos com os conhecimentos sobre o TAO.
Após a palestra, o discípulo se dirigiu ao mestre e perguntou:
- Amado Mestre, fale-me se gostou?
E o mestre disse calmamente:
- O TAO que pode ser dito, não é o TAO. Volte ao princípio.

ONDE ESTÁ O TAO

Certa vez um discípulo perguntou ao mestre: “Onde está o Tao”?
Mestre: Bem na nossa frente.
Discípulo: Porque não o vejo?
Mestre: Você não o vê por causa do seu egoísmo.
Discípulo: Se eu não posso vê-lo por causa do meu egoísmo, será que o senhor pode vê-lo?
Mestre: Enquanto houver eu ou tu, a situação se complica e não há visão do Tao.
Discípulo: Quando não há nem eu nem tu, existe a visão do Tao?
Mestre: Quando não há nem eu nem tu, quem estará aqui para vê-lo?


São dois contos Taoista para reflexão, sobre conhecimentos e suas manifestações no caminho da sabedoria. O conhecedor do caminho, não é o caminho, tampouco é o caminheiro. É quando ele deixa de ser tudo e nada sendo, pode iniciar a compreensão ... iniciar...apenas iniciar...

Paz Profunda!

1 comentários:

  1. Marcos Takata disse...

    O Caminho é bonito, e fácil, pois é prazeroso. Bijus

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Caminheiros Evolutivos

Muito obrigada pela sua presença iluminada

Muito obrigada pela sua presença iluminada