Fidelidade a Kardec

Postado por Norma Villares


Os espíritos amigos, vinculados à divulgação do Espiritismo em nossas terras, alertam sistematicamente para a necessidade de aliceçarmos nossos estudos e atividades nas obras da Codificação, elaborada com trabalho, amor e carinho por Allan Kardec, sob a orientação do Espírito da Verdade.
No entanto, vez ou outra encontramos aqueles que consideram Kardec ultrapassado, necessitando de reformas e alterações. Não obstante, observamos que, a cada dia, a realidade do mundo, a ciência, a filosofia, a religião demonstram a perfeita atualidade da Doutrina Espírita, consolando os aflitos com a fé raciocinada.
Nos grandes desafios que vivemos neste momento de transição do planeta Terra, de mundo de provas e expiação para o mundo de regeneração, encontramos no Espiritismo o caminho mais adequado e tranquilo para vencermos as batalhas da nossa intimidade, sepando o joio do trigo, domando nossas más tendências.
A Lei Divina é inexorável e já chega o momento em que a Humanidade terá compreendido a grandeza do Consolador Prometido, sem os vícios religiosos do passado, se a arrogância da ciência e a descrença da filosofia.
No livro Renúncia, do Espírito Emmanuel, psicografado por Francisco Xavier, somos convidados a estudar o Evangelho de modo criterioso. É Alcione quem comenta, no capítulo 3: “A mensagem do Cristo precisa ser conhecida, meditada, sentida e vivida.
É esta a grande necessidade dos nossos estudos. O Espiritismo precisa ser conhecido (grifo nosso). A literatura é grandiosa e disponível a todas as pessoas. Não basta ler, é preciso meditar. Usar o raciocínio. Entendida a mensagem, precisamos senti-la. Usar o coração. (Grifo nosso) Unidos razão e sentimento, vamos colocar a mensagem Divina em todos os momentos de nossa vida, estejamos encarnados ou desencarnados, na trajetória evolutiva de compreensão da Lei de Amor.
Estudemos, pois, a obra Espírita, aprofundando em seus ensinamentos, porquanto ainda não a compreendemos em sua totalidade. Saiamos da horizontalidade do estudo e busquemos verticalizar e aprofundar o nosso conhecimento. Assim procedendo, a cada momento iremos descobrindo novas informações e orientações que, na nossa pequenez, ainda não tínhamos compreendido.
Este, portanto, o convite. Amai-vos e instruí-vos. Com a Codificação Espírita.
Editorial publicado no Jornal O Espírita Mineiro
Órgão da União Espírita Mineira
Edição nº 309 Maio/Junho/2009.

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Caminheiros Evolutivos

Muito obrigada pela sua presença iluminada

Muito obrigada pela sua presença iluminada